Asuntos Públicos

Estrategias ganadoras para comunicarse con Gobiernos, Administraciones Públicas y Parlamentos

Estratégias ganhadoras para influênciar Governos e Administrações Públicas

Antes duma mudança na legislação, um tema que monopoliza a atenção do público ou de determinados movimentos sociais, a sua empresa, governo, grupo ou associação deve ter uma estratégia definida para ajudar as autoridades a tomar decisões informadas, estabelecer um diálogo construtivo com os actores sociais e fazer ouvir a sua voz. Se assim não for, corre o risco que os reguladores tomem decisões que possam dar origem a um risco para você.

a) Estratégia

- Em Redondo & Asociados Public Affairs Firm analisamos e identificamos as questões governamentais que possam afectar a sua empresa. As que provenham de leis ou regulamentações existentes e as possíveis propostas futuras da acção governamental.

1-. Que tendências nas políticas públicas podem afectar a minha empresa?
 2-. Que mudanças seriam precisas nas normativas para reduzir os custos ou restricções da minha actividade?
 3-. Há modificações previstas a curto, médio ou longo prazo que possam afectar o meu sector?
 4-. Que mudanças na normativa permitiriam abrir mercados, aos produtos e serviços, que hoje  estam fechados?


- Identificamos os issues, as tendências em políticas públicas que afectam o seu sector e empresa (issues identification), avaliamos o impacto e fixamos objectivos, prioridades (issues analysis) e redigimos uma Estratégia adaptada ao estado da decisão desejada.

b) Planificação

- A empresa põe em prática com uma metodología própia a Estrategia definida de acordo com as técnicas próprias de um Plano de Acção (Issue Action Program).

1-. Realizando um Plano de Seguimento legislativo ao seu sector, os issues que nos preocupam e sobre os quais recolhem os jornalistas e meios de comunicação generais, regionais, locais e sectorais.

2-. Redactando Relatórios de inteligência sobre os temas específicos sensíveis para os objetivos do seu negócio, com os quais construímos cenários que nos permitem explorar as forças que influenciam na toma de decisões, avaliar as opções estratégicas da empresa e administrar a incerteza e o risco dos issues.

3-.  Identificando os interlocutores válidos e decisivos.

4-. Preparando a argumentação precisa (statement, position paper, Q&A) e pensando no design das formas e o modo de intervenção.

5-. Seleccionando o momento adequado (Timing) para executar as acções de lobbying directo ou lobbying indirecto acordadas na Estratégia.

6-. Desenhando e gerindo campanhas criativas de Comunicação e sensibilização da opinião pública (Cartas, Publicidade imprensa, cartões postais, reclames, Spots, Websites, e-mails, chamadas telefônicas, presença em Redes Sociais).

7-. Organizando encontros institucionais para a defesa dos seus interesses coorporativos com políticos, Governos e Instituições Públicas.

8-. Promovendo coligações empresariais e  praticando grassroots lobbying.

9-. Organizando conferências de imprensa, realizando entrevistas nos meios de comunicação ou organizando congressos, seminários, simpósios ou jornadas sobre o tema que nos preocupa.

10-. Facilitando aos líderes de opinião e decision makers investigações e  análises sobre o issue que nos afecta.

c) Resultados

- Assessment: a firma aplica a todos os projectos e clientes uma política interna de qualidade e de medição de resultados. A finalidade dos assuntos públicos e o lobbying é conseguir que a decisão pública se ajuste aos seus objetivos de negócio.

- O cumprimento dos objetivos determina a eficácia da nossa firma. Estes resultados são mensuráveis e quantificáveis.